registo

o registo na plataforma de encomenda é exclusivo para arquitectos inscritos na ordem dos arquitectos ou outra associação congénere.

notícia • 2018-06-08 Largo Fonte Nova, Serralves e Casa da Arquitetura com prémios ibéricos FAD
Imagem 0 - Largo Fonte Nova, Serralves e Casa da Arquitetura com prémios ibéricos FAD

Casa da Arquitectura, arquitecto Guilherme Machado Vaz

Imagem 1 - Largo Fonte Nova, Serralves e Casa da Arquitetura com prémios ibéricos FAD

Reabilitação da Alameda Manuel Ricardo Espírito Santo - Praça da Fonte Nova, José Adrião Arquitectos

Imagem 2 - Largo Fonte Nova, Serralves e Casa da Arquitetura com prémios ibéricos FAD

Pavilhão do Lago, Serralves, arquitectos Carlos Azevedo, João Crisóstomo e Luís Sobral

 

O arranjo urbano do largo Fonte Nova, de José Adrião em Lisboa e o Pavilhão do Lago em Serralves de Carlos Azevedo, João Crisóstomo e Luís Sobral, são os dois projetos distinguidos pelos prémios de arquitetura do Fomento de las Artes y del Diseño (FAD), de Barcelona.
 
Na lista dos premiados, inclui também atribuída uma menção especial ao projeto de instalação da Casa da Arquitectura, em Matosinhos da autoria do arquitecto Guilherme Machado Vaz.
 
O prémio FAD de Cidade e Paisagem foi para a "Praça Fonte Nova" de Lisboa, projeto do arquiteto José Adrião, promovido pela Câmara Municipal de Lisboa, por "assumir a complexidade de um lugar, potenciando o uso democrático do espaço público, com a recuperação de um antigo parque de estacionamento, sob um viaduto", que se transformou num "lugar de descanso e de lazer".
 
O "Pavilhão do Lago", concebido por Carlos Azevedo, João Crisóstomo e Luís Sobral, para os jardins da Fundação de Serralves, no ano passado, venceu o prémio da categoria Intervenções Efémeras, pelo seu "diálogo poético com a paisagem".
 
A menção especial do júri, na área de Arquitetura foi para o projeto da Casa da Arquitetura na Real Vinícola, de Guilherme Machado Vaz, por propor "um lugar de referência que celebra a profissão [de arquiteto] e se converte em exemplo de recuperação e de renovação urbana".
 
O grande prémio FAD de Arquitetura foi atribuído ao projeto "Life Reusing Posidonia", de 15 habitações de promoção pública, em Sant Ferran, Formentera, nas ilhas Baleares, dos arquitetos do Instituto Balear de Habitação Carles Olivé, Antonio Martín, Joaquín Moyá, Alfonso Reina e Maria Antònia Garcías.
 
O júri desta edição dos Prémios FAD foi presidido pela arquiteta Anna Bach e dele constou o arquitecto  Ricardo Carvalho.
 
mais informação AQUI