registo

o registo na plataforma de encomenda é exclusivo para arquitectos inscritos na ordem dos arquitectos ou outra associação congénere.

Prémio • 2020-06-03 Prémio de Reabilitação Urbana do Município de Odemira (PRUMO)
Imagem 0 - Prémio de Reabilitação Urbana do Município de Odemira (PRUMO)
Candidaturas até 15 de setembro de 2020
 
O Município de Odemira, com o apoio da OASRS, promove a primeira edição do Prémio de Reabilitação Urbana do Município de Odemira (PRUMO) que pretende distinguir obras nas áreas de reabilitação urbanas (ARU), que representem um exemplo de qualidade arquitetónica e contribuam para a valorização do património edificado do concelho de Odemira.

Objetivos
a) Valorizar e promover a divulgação do trabalho desenvolvido por projetistas, construtores e promotores, tanto públicos como privados, ao nível da reabilitação urbana;
b) Promover a disseminação de boas práticas;
c) Contribuir, através do conhecimento de experiências inovadoras, para a contínua adaptação a novas
situações;
d) Assegurar, através da divulgação das melhores intervenções e também na perspetiva técnico-económica, o interesse dos cidadãos em geral pela preservação e revitalização do património habitacional e das áreas urbanas.
 
Prémio
1.º lugar: € 5.000,00 atribuído ao autor do projeto de arquitetura
Menções honrosas:  € 1.500,00 atribuído ao autor do projeto de arquitetura
 
Elegibilidade
Podem concorrer  obras realizadas em edifícios e conjuntos arquitetónicos que cumpram cumulativamente os seguintes requisitos:
a) Obras localizadas nas áreas de Reabilitação Urbana (ARU) do Concelho de Odemira;
b) Obras da autoria de arquitetos habilitados para o exercício da profissão em Portugal;
c) Obras concluídas durante os dois anos anteriores à edição do Prémio, admitindo-se, apenas no primeiro ano de edição do Prémio, obras concluídas durante os cinco anos anteriores à edição do Prémio;
d) Obras detentoras de licença administrativa ou de comunicação prévia, em conformidade com o estabelecido no artigo 4.º do Decreto-Lei n.º 555/99, na sua atual redação, ou obras que tenham sido
objeto de comunicação de início dos trabalhos, em conformidade com o estabelecido nos artigos 6.º, 6.º-A e 80.º-A do mesmo regime.
 
Critérios de avaliação
a) Qualidade da solução arquitetónica;
b) Integração na envolvente e valorização resultante da qualidade da intervenção
c) Relação entre o projeto e a obra
d) As técnicas e a racionalidade construtiva, integrando valores de caracterização local e aplicando soluções, tecnologias e materiais que reduzam o consumo de energia
e) O caráter inovador da reabilitação
 
Júri
- Presidente da Câmara Municipal de Odemira que presidirá
- Arq.ª Sofia Salema, indicada pela Ordem dos Arquitetos -Secção Regional do Sul
- Arq.º José Adrião, designado pela Câmara Municipal de Odemira
 
Calendário
Data limite de entrega das candidaturas: 15 de setembro de 2020
Divulgação dos resultados: 30 de setembro de 2020
Cerimónia de entrega do prémio: 9 de outubro de 2020
Exposição dos trabalhos: entre 9 de outubro e 9 de novembro de 2020, no espaço CRIAR (Centro em Rede de Inovação do Artesanato Regional) em Odemira.
 
Regulamento AQUI
Formulário de candidatura AQUI
 
mais informação AQUI