registo

o registo na plataforma de encomenda é exclusivo para arquitectos inscritos na ordem dos arquitectos ou outra associação congénere.

Requalificação do Centro Histórico de Ponta Delgada

concurso

Requalificação do Centro Histórico de Ponta Delgada

concluído 2022-09-26
promotor Município de Ponta Delgada
localização Ponta Delgada
programa Espaço público
área 16,000m²

descrição

O Júri considerou que dos trabalhos apresentados no concurso, e conforme o Relatório Final, a proposta vencedora, do concorrente Paulo Vieitas + João Pedro Cabral + Vanessa Melo + PARATELIER, Lda afirma-se por promover “uma efetiva mudança do núcleo central da cidade, na medida em que fomenta uma nova leitura do espaço público, ao mesmo tempo que o torna mais coeso, funcional e atrativo”.
 
O Júri refere ainda que “é, sobretudo, uma proposta surpreendente, pelo significado e simbolismo que encerra em si mesma; pela nova imagem urbana que atribui ao centro histórico, depurada e contemporânea; e, na assunção de que os centros urbanos são dinâmicos e se vão metamorfoseando com o decorrer dos séculos, pela coragem de reposicionar um elemento patrimonial com profundo significado na cidade e na memória coletiva - as “Portas da Cidade”, aproximando-o do seu lugar original”.
 
A proposta da autoria de OLIVEIRA & BACKLAR classificada em 2º lugar, evidencia-se por preconizar “uma imagem coesa e unitária do espaço público, qualificando-o e aumentando as potencialidades e níveis de conforto do seu usufruto, embora sob uma abordagem conceptual de continuidade”.
No entanto, em síntese, o Júri considera tratar-se de uma” proposta pouco inovadora e que o seu elevado grau de intervenção, não se traduz na efetiva melhoria da atual realidade ambiental e urbanística do local”.
 
A proposta classificada em 3º lugar, do concorrente Atelier BAUM, destaca-se pela “nova identidade que preconiza para o núcleo urbano central da cidade, sendo, neste âmbito, inovadora”. O Júri acrescenta ainda que apesar da sua inovação “trata-se de uma solução fortemente limitadora na utilização do espaço, na medida em que não se vocaciona para a utilização polivalente que a sua ampla dimensão potencia, sendo também de extrema exigência, no que concerne os custos de manutenção”.
 
 
1º classificado
Concorrente: Paulo Vieitas (VT), João Pedro Cabral (JPC), Vanessa Melo (VM) e PARATELIER, Lda
Coordenação: Paulo Vieitas
 
2º classificado
Concorrente: OLIVEIRA & BACKLAR
Coordenação: Carolina Augusta Teves de Oliveira Backlar
 
3º classificado
Concorrente: Atelier BAUM, Arquitetura Paisagista (BAUMATELIERAP, Lda.)
Coordenação: Jorge Magalhães
 

documentação