registo

o registo na plataforma de encomenda é exclusivo para arquitectos inscritos na ordem dos arquitectos ou outra associação congénere.

Conjunto habitacional av. Joaquim Campos, Setúbal

concurso

Conjunto habitacional av. Joaquim Campos, Setúbal

concluído 2022-08-25
promotor IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I.P.
localização Setúbal
programa Habitação
área 19,377m²

descrição

 

Propostas até 25 de agosto de 2022
 
O concurso público de conceção para a elaboração do projeto do conjunto habitacional av. Joaquim Campos em Setúbal, é promovido pelo IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I.P. em associação com a Câmara Municipal de Setúbal, e conta com a assessoria técnica da OA-SRLVT.
 
Com um conhecimento acumulado no setor da habitação económica e de operações de desenvolvimento urbano, o IHRU, I.P., pretende que o presente empreendimento se revele como uma referência de boas práticas no setor da Habitação a Custos Controlados.
 
O objetivo do IHRU, I.P., com este empreendimento é procurar dar resposta à necessidade de habitações para arrendamento a preços inferiores ao atualmente praticado no mercado, contribuindo para facilitar o acesso à habitação por um maior número de famílias que, presentemente, não encontram resposta às suas necessidades no mercado imobiliário.
 
Para a concretização desta proposta será necessário controlar de modo decisivo o custo final das habitações, procurando maximizar a área de construção, dentro dos parâmetros da Habitação a Custos Controlados.
 
Este empreendimento deve inserir-se de forma harmoniosa na malha urbana existente e constituir-se como elemento estruturante, reforçando a qualidade do espaço público envolvente, garantindo uma imagem bem integrada do ponto de vista arquitetónico e um impacto público positivo.
 
Valor máximo para o custo da obra: € 23.682.200,00 + IVA
Valor base: € 1.267.500,00 + IVA
 
Prémios
1º classificado: € 7 600,00 (sete mil e seiscentos euros)
2º classificado: € 5.800,00 (cinco mil e oitocentos euros)
3º classificado: € 4.200,00 (quatro mil e duzentos euros)
4º classificado: € 3.400,00 (três mil e quatrocentos euros)
5º classificado: € 2.700,00 (dois mil e setecentos euros)
6º classificado: € 2.300,00 (dois mil e trezentos euros)
7º classificado: € 2.000,00 (dois mil euros)
 
Júri
- Paulo Jorge Alves dos Reis, engenheiro, Diretor da Direção de Promoção e Reabilitação do Património Imobiliário (DPRPI) do IHRU, I.P., que preside;
- Pedro Luís Dias da Silva Durand, arquiteto, indicado pelo IHRU, I.P. (DPRS);
- Andreia Sofia Ferreira Castilho, engenheira, indicada pelo IHRU, I.P. (DPRN);
- Ana Rita Moreno Morais e Silva, arquiteta, indicada pela Câmara Municipal de Setúbal;
- Rita Aguiar Rodrigues, arquiteta, indicada pela Ordem dos Arquitectos - SRLVT.
Membros suplentes:
- Vítor Manuel Carneiro Pinto Rei, arquiteto, indicado pelo IHRU, I.P. (DPRS);
- Lúcia Cristina de Jesus Val d´Arquinha, arquiteta, indicada pela Câmara Municipal de Setúbal;
- Duarte Caldas, arquiteto, indicado pela Ordem dos Arquitectos - SRLVT.
 
 
Critérios de seleção
a) Qualidade estética e coerência da solução conceptual (30%)
b) Racionalidade construtiva e exequibilidade financeira (25%)
c) Adequação aos objetivos do Programa Preliminar (15%)
d) Articulação com o território e sistemas envolventes (15%)
e) Sustentabilidade e aspetos de manutenção futura (15%)
 
Cronograma
Data de envio do anúncio para publicação em D.R.: 1 de junho de 2022
Data limite para pedidos de esclarecimento: 30 de junho de 2022 (23:59)
Data limite para respostas aos pedidos de esclarecimento: 28 de julho de 2022 (23:59)
Data limite para entrega de propostas: 25 de agosto de 2022 (17:00)

documentação