registo

o registo na plataforma de encomenda é exclusivo para arquitectos inscritos na ordem dos arquitectos ou outra associação congénere.

Concurso "Castelo de Abrantes"

concurso

Concurso "Castelo de Abrantes"

concluído 2016-11-07
promotor Município de Abrantes e OASRS
localização Abrantes
programa Equipamento
área 54,810m²

descrição

Foram apresentadas 12 propostas ao Concurso Castelo de Abrantes. O concurso foi promovido pelo Município de Abrantes em parceria com a Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos (OASRS) tendo como objectivo a requalificação e valorização do Castelo de Abrantes através da criação de programas para fins lúdicos, culturais e turísticos.

A proposta coordenada pela arquitecta Laura Bacete Cebrián, membro do Colégio Oficial de Arquitectos de Madrid, foi a primeira classificada no concurso internacional de ideias “Castelo de Abrantes”. De acordo com a arquitecta, a proposta persegue três objectivos: relançar o conjunto arquitectónico, melhorar a relação entre o Castelo e a cidade, e melhorar as conexões internas entre as diferentes partes do conjunto histórico. Quanto às intervenções arquitectónicas podem ser classificadas dentro de dois grupos, o primeiro inclui as intervenções de conexão das diferentes partes do conjunto e o segundo inclui todas intervenções concebidas para potenciar os espaços existentes.

O 2.º prémio foi obtido pelos KWY Arquitectura com a colaboração de Baldios Arquitectos Paisagistas, com uma proposta que concebe o parque como estrutura flexível que reclama um lugar ao quotidiano, projectando o espaço do Castelo em múltiplas dimensões, através da revelação da sua cultura material:
A Praça, onde se descodificam os acessos às Portas de Armas e da Traição, através da Torre de Escadas e Passadiço, o Recinto e a Mata do Castelo onde se exploram contaminações entre cultura e paisagem e a sedimentação dos seus Jardins, reconfigurando percursos, equipamentos, bosques e clareiras.

O trabalho coordenado por Girão Lima Arquitectos + Arq. Miguel Cruz de Carvalho obteve o 3.º prémio, com uma proposta que acrescenta uma nova camada numa lógica de continuum, respondendo às necessidades actuais e futuras do conjunto, reforçando a relação entre o Castelo e o Centro Histórico de Abrantes. A envolvente do Castelo é reinterpretada numa linguagem projectual contemporânea como um espaço uno, que articula os diversos usos e circulações, tornando a sua vivência mais diversificada e estimulante.

A cerimónia de entrega de prémios e exposição dos trabalhos realizar-se-á no dia 30 de Janeiro às 18h na Igreja de Santa Maria do Castelo (Abrantes).

 

The competition launched by the city of Abrantes, in partnership with the Association of Architects (OASRS) received 12 proposals for the requalification of the Abrantes Castle and enhancement of its character of heritage city, through the creation of entertainment, cultural and tourist programs.

The proposal coordinated by the architect Laura Bacete Cebrián, member of the Colegio Oficial de Arquitectos de Madrid, won the first prize of the International design competition “Castelo de Abrantes”. According to the architect, the proposal pursues three goals: reactivating the architectural ensemble, improving the relation between the castle and the city and improving the internal connections between the different parts of this historical site.
As regards the architectural interventions, they can be classified in two groups. The first comprehends those interventions that connect the different parts of the site. The second includes all the interventions designed to set up the existent spaces.
 
The second prize was for the team KWY Arquitectura and Baldios Arquitectos Paisagistas with a proposal that conceives the park as a flexible structure that reclaims a place in the everyday, designing the space of the castle on multiple scales, through the revelation of its material culture:
A Square where the accesses to Porta das Armas and Traição are decoded by the Stairs Tower and the Footbrige, the perimeter and the Wood of the Castle where contaminations between culture and landscape are explored and the consolidation of its Gardens, which accommodate paths, equipments, woods and clearings.
 
The work coordinated by Girão Lima Arquitectos + Arq. Miguel Cruz de Carvalho was placed in third. The design proposal adds a new layer; a continuum logic that responds to the current and future needs of the whole, establishing the connection between the Castle and Abrantes Historical Center. The surrounding of the Castle is reinterpreted in a contemporary language thought as a single unit, which articulates the various uses and circulations, making its most diverse and stimulant experience.
 
The awards ceremony and the exhibition of the submitted works will take place in the 30th of January at 6pm in the church of Santa Maria do Castelo (Abrantes Castle).

 

1º classificado
Autoria: Laura Bacete Cebrián (ES), Pablo Navas del Peral (ES), Raúl Cubo Contreras (ES), Andrea Figueroa Chaves (ES)
Arquitectura: Laura Bacete Cebrián (coordenação)
Arquitectura paisagista: Alejandro Domínguez Rueda
 
2º classificado
Autoria: KWY Arquitectura, Unipessoal Lda. (PT)
Arquitectura: Ricardo Nuno Teixeira de Almeida Gomes (coordenação)
Arquitectura paisagista: Baldios Arquitectos Paisagistas
 
 
3º classificado
Autoria: Girão Lima Arquitectos + Arq. Miguel Cruz de Carvalho (PT)
Arquitectura: Ricardo Ribeiro Machado Pedroso de Lima (coordenação)
Arquitectura paisagista: Miguel Alves Palmeiro Cruz de Carvalho
 
4º classificado
Autoria e coordenação: Rui Miguel Simões Gonçalves Mendes, arquitecto
 
 
5º classificado
Autoria e coordenação: Filipe Abel Lourenço, arquitecto
 
6º classificado
Autoria e coordenação: Sérgio Miguel da Silva Godinho, arquitecto
 
7º classificado
Autoria e coordenação: Tiago Nuno Carvalho Freitas, arquitecto
 
8º classificado
Autoria e coordenação: Paulo José Martins Ferrão Miguez Garcia, arquitecto
 
 
9º classificado
Autoria: Arch&Life com Miguel Ogando dos Santos
Coordenação: Salvador Marçal Batista de Morais, arquitecto
 
10º classificado
Autoria e coordenação: Gilberto José Alves Feiteira Maia, arquitecto
 
11º classificado
Autoria e coordenação: Inês Isabel Marques Jerónimo Luís, arquitecta
 
12º classificado
Autoria: Spectro
Coordenação: Rogério Correia Silva, arquitecto
 

Documentação